Scheelita

Cristal de Scheelita bem formado. Dimensões: 3 cm x 2.8 cm x 2.7 cm. Tae Hwa Mine, South Korea. Coleção de Joaquín Folch. Mindat.org

Fonte: Cristal de Scheelita bem formado. Dimensões: 3 cm x 2.8 cm x 2.7 cm. Tae Hwa Mine, South Korea. Coleção de Joaquín Folch. Mindat.org   

 

TUNGSTATO DO GRUPO DA SCHEELITA.

Fórmula: CaWO4

Cristalografia: Sistema tetragonal, classe bipiramidal tetragonal.

Eixos cristalográficos da Scheelita.Índices de Miller da Scheelita.

Fonte: Eixos cristalográficos e Índices de Miller da Scheelita.

 

PROPRIEDADES FÍSICAS

Cor: marrom, branco, amarelo, incolor, cinza, castanho escuro

Brilho: vítreo, adamantino

Diafaneidade: transparente, translúcido, opaco

Tenacidade: quebradiço

Dureza: 4,5 - 5  (Escala de Mohs)

Clivagem: boa em {101} e distintas em {112}e {001}

Fratura: conchoidal, irregular 

Hábito: usualmente forma agregados granulares a maciços. Raramente ocorre como cristais prismáticos bem formados cristais bipiramidais, com pirâmides simples de primeira ordem e mais raramente de segunda ordem com aspecto de octaedro. Crescem tipicamente pseudo- octaédricos com formas modificadas

 

PROPRIEDADES ÓPTICAS 

Cor em lâmina: incolor

Pleocroísmo: não achei 

Fórmula pleocroica: não achei

Caráter óptico: uniaxial  positivo (+) 

Valores de índices de refração:  nw = 1,918 - 1,921 nE = 1,935 - 1,938

 

OCORRÊNCIA:

Formado por processos hidrotermais e metassomáticos, em íntima associação com metamorfismo de contato onde as rochas encaixantes tratam-se de calcários. Forma-se por processos metamórficos (metamorfismo regional de pressão média a baixa). Também encontrado em pegmatitos graníticos. Pode ser encontrado como mineral detrítico em pláceres. Pode alterar-se para wolframita.

 

USO:

Minério de tungstênio

 

Cristal amarelo dourado de Scheelita. Dimensões: 5.5 cm x 5 cm x 4 cm. Pingwu beryl mine, China. Jonh Stolz. Mindat.org

Fonte: Cristal amarelo dourado de Scheelita. Dimensões: 5.5 cm x 5 cm x 4 cm. Pingwu beryl mine, China. Jonh Stolz. Mindat.org

 

 

Referências:

SCHEELITA. Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert. Unesp. Disponível em: https://museuhe.com.br/mineral/scheelita-scheelite/. Acesso em: 11 de junho de 2021.

Scheelite. Hudson Institute of Mineralogy. Disponível em: https://www.mindat.org/min-3560.html. Acesso em: 11 de junho de 2021.