Perovskita

Cristal de perovskita com faces mostrando a resultado de uma geminação complexa e repetitiva de faces pseudo-cúbicas e dodecaédricas. Foto de Tony Peterson. Mindat.org.

Fonte: Cristal de perovskita com faces mostrando a resultado de uma geminação complexa e repetitiva de faces pseudo-cúbicas e dodecaédricas. Foto de Tony Peterson. Mindat.org.

ÓXIDO DE CÁLCIO E TITÂNIO DO GRUPO DA PEROVSKITA. 

Fórmula: CaTiO3.

Cristalografia: Sistema ortorrômbico. Classe bipiramidal rômbica.

Eixos cristalográficos, PerovskitaÍndices de Miller, Perovskita.

Fonte: Eixos Cristalográficos e Índices de Miller - Perovskita.

 

PROPRIEDADES FÍSICAS

Cor: vermelho, verde, marrom, marrom avermelhado, amarelo, amarelo pálido, laranja amarelado, castanho e preto.

Brilho: metálico, submetálico, adamantino e fosco.

Diafaneidade: transparente, translúcido, opaco.

Tenacidade: quebradiço.

Dureza: 5,5 - 6 (Escala de Mohs).

Clivagem: imperfeita em {001}.

Fratura: irregular, subconchoidal a conchoidal.

Hábito: esqueletal, dendrítico, granular, maciço ou renifome. Os cristais podem apresentar contornos cúbicos com estrias nas direções {001} e {110}. Podem também exibir um contorno hexagonal. Raramente aparecem na forma cubo-octaédrica ou octaédrica. Pode ocorrer geminação de 90° ou 180° da direção {101}, raramente a 180° da direção {121}, gerando uma geminação de penetração complexa.

Radioatividade: Fracamente radioativo.

Solubilidade em H2SO4: Solúvel havendo separação de SiO2.

 

PROPRIEDADES ÓPTICAS 

Cor em lâmina: amarelo, laranja, incolor, marrom escuro, cinza azulado e vermelho escuro.

Pleocroísmo: fraco.

Caráter óptico: biaxial (-) 

Valores de índices de refração:  nα = 2,300;  nβ = 2,340;  nγ = 2,380.

 

OCORRÊNCIA:

Comum em rochas de clorito, talco ou serpentina, ricas em Ca e Al e em condritos carbonáceos. Ocorre como mineral acessório em rochas magmáticas e magmáticas alcalinas. Presente em rochas como kimberlitos, nefelina sienitos e carbonatitos. 

USO:

Usado em equipamentos eletrônicos como telas, LED, memória RAM; e ainda pode ser usado na fabricação de eletroímãs supercondutores, transformadores de alta tensão, sensores de campo magnético, equipamentos de geração de energia fotovoltaica, transformadores de alta tensão e geladeiras magnéticas. 

Cristal de perovskita marrom que apresenta simetria ortorrômbica. Foto de Cristof Schäfer. Mindat.org.

Fonte: Cristal de perovskita marrom que apresenta simetria ortorrômbica. Foto de Cristof Schäfer. Mindat.org.

Cristal marrom de Perovskita. Elmar Lackner. Mindat.comFonte: Cristal marrom de Perovskita. Elmar Lackner. Mindat.com

 

 

 

Referências: 

PEROVSKITE Mineral Data, 2021. Disponível em http://webmineral.com/data/Perovskite.shtml#.YMzDAuhKjIV. Acesso em 18/06/2021.

 

PEROVSKITA. 2021. Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert. Unesp. Disponível em https://museuhe.com.br/mineral/perovskita-perovskite/. Acesso em 18/06/2021.

 

PEROVSKITE, 2021. Hudson Institute of Mineralogy. Disponível em https://www.mindat.org/min-3166.html. Acesso em 15/06/2021. Acesso em 18/06/2021.