Ilmenita

Cristal de ilmenita preto rico em faces. Coleção e foto de Gianfranco Ciccolini. Mindat.org.Fonte: Cristal de ilmenita preto rico em faces. Coleção e foto de Gianfranco Ciccolini. Mindat.org.

ÓXIDO DE FERRO E TITÂNIO DO GRUPO DA ILMENITA.

Fórmula: Fe2+TiO3.

Cristalografia: Sistema Trigonal, classe Romboédrica.

Eixos cristalográficos. Museuhe.com.br.Eixos cristalográficos. Museuhe.com.br.

Fonte: Eixos cristalográficos e Índices de Millers. Museuhe.com.br.

 

PROPRIEDADES FÍSICAS

Cor: Marrom escuro a preto cor do ferro.

Brilho: Metálico a submetálico.

Diafaneidade: Opaco a translúcido.

Tenacidade: Quebradiço

Dureza: 5 - 6 (Escala de Mohs)

Clivagem: Ausente.

Fratura: Conchoidal a subconchoidal.

Hábito: Normalmente possui hábito granular como grãos de areia, maciço ou compacto. Ocorre também com hábito tabular com planos basais acentuados e pequenas truncaduras romboédricas. Lamelar e ainda pode ser esqueletal. Possui geminação simples em {0001} ou lamelar na direção {1011}.

Traço: Preto a marrom avermelhado.

Solubilidade em HCl: Solubiliza-se lentamente formando solução amarelada ou esverdeada.

Magnetismo: Naturalmente fraco.

 

PROPRIEDADES ÓPTICAS 

Pleocroísmo fraco

Cor em lâmina: Cinza aço e branco acinzentado.

Fórmula pleocróica: O= marrom rosado, E= marrom escuro.

Caráter óptico: uniaxial (-) 

 

CARACTERÍSTICA DIAGNÓSTICA:  É reconhecida pela cor do traço e pelo magnetismo fraco.

 

OCORRÊNCIA: É um mineral formado por processos magmáticos, como mineral acessório frequente em rochas ígneas básicas, em especial nos gabros e noritos, ocorre em filões ou massas grandes como produto de segregação magmática; por processos metamórficos, ocorrendo em camadas lenticulares encaixadas no gnaisse e outras rochas metamórficas; e por processos hidrotermais. Frequentemente encontrado em areias de aluviões e praias. Encontra-se também em meteoritos. Pode alterar-se para leucoxênio, titanita, rutilo, e em anatásio e siderita raramente. 

 

USO: Não é comum ser usada como fonte de ferro mas é uma importante fonte de titânio. Usado na manufatura de pigmentos, substituindo o chumbo, e na construção de estruturas de alta resistência, como as usadas na engenharia aeroespacial.  

Grande cristal de ilmenita de aproximadamente 18 cm de comprimento, presente no Museu Mineralógico Fersman em Moscou. Foto de J. Ralph. Mindat.org. Cristal de ilmenita tabular. Foto de Pedro Alves. Mindat.org.

Fonte: Imagem 1: Grande cristal de ilmenita de aproximadamente 18 cm de comprimento, presente no Museu Mineralógico Fersman em Moscou. Foto de J. Ralph. Mindat.org. / Imagem 2: Cristal de ilmenita tabular. Foto de Pedro Alves. Mindat.org.

 

Referências: 

ILMENITE Mineral Data, 2021. Disponível em http://webmineral.com/data/Ilmenite.shtml#.YMi1S6hKjIU . Acesso em 15/06/2021.

ILMENITA. 2021. Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert. Unesp. Disponível em https://museuhe.com.br/mineral/ilmenita-ilmenite/. Acesso em 15/06/2021.

ILMENITA. 2021.Universidade de São Paulo. Disponível em https://didatico.igc.usp.br/minerais/oxidos-hidroxidos/ilmenita/. Acesso em 15/06/2021.

ILMENITE, 2021. Hudson Institute of Mineralogy. Disponível em https://www.mindat.org/min-2013.html. Acesso em 15/06/2021. Acesso em 15/06/2021.