Gipso

Cristais de Gipso. Dimensões: 11.5 cm x 10.5 cm x 9.5 cm. Red River Floodway, Canadá. Robert Lavinsky. Mindat.org.

Foto: Cristais de Gipso. Dimensões: 11.5 cm x 10.5 cm x 9.5 cm. Red River Floodway, Canadá. Robert Lavinsky. Mindat.org.


SULFATO DO GRUPO DO GIPSO.

Fórmula: CaSO4 .2H2O 

Cristalografia: Sistema Monoclínico, classe Prismática.

 

PROPRIEDADES FÍSICAS

Cor: incolor a branco, muitas vezes tingido de outras tonalidades devido a impurezas; incolor na luz transmitida

Brilho: vítreo, sub-vítreo, sedoso, perolado, opaco

Diafaneidade: transparente, translúcido, opaco

Tenacidade: flexível e inelástico

Dureza: 2 (Escala de Mohs)

Clivagem: perfeita e fácil em {010}, imperfeita em {100} produzindo fratura conchoidal e fratura fibrosa em {001}.

Fratura: conchoidal e estilhaçada

Hábito: maciço, forma massas susceptíveis de clivagem ou granulares, laminada e fibrosa. Lenticular em rosetas. Forma lentes ou bandas. 

 

PROPRIEDADES ÓPTICAS 

Cor em lâmina: incolor

Pleocroísmo incolor

Fórmula pleocroica: não tem

Caráter óptico: biaxial positivo (+) 

Valores de índices de refração:  nα = 1.519 - 1.521 nβ = 1.522 - 1.523 nγ = 1.529 - 1.530

 

CARACTERÍSTICA DIAGNÓSTICA: 

Dureza e clivagem

 

OCORRÊNCIA:

É formado em evaporitos, em depósitos de sal marinhos e solos formados diretamente sob evaporação ou desidratação da anidrita. Formado pela reação entre ácido sulfúrico e rochas carbonáticas em depósitos oxidados de sulfetos; pela ação de gases vulcânicos sulfurosos (fumarolas) em rochas contendo Ca, forma-se pela decomposição (oxidação) de sulfetos; em veios hidrotermais sulfetados de baixa temperatura e pressão

 

USO:

Para a produção de gesso, fertilizantes e para alguns fins ornamentais.

Cristais de Gipso. Dimensão: 13.5 cm. Bolton, Austrália. Judy Rowe. Mindat.org.Fonte: Cristais de Gipso. Dimensão: 13.5 cm. Bolton, Austrália. Judy Rowe. Mindat.org.

 

 

Referências: 

GYPSUM.  Hudson Institute of Mineralogy. Disponível em: https://www.mindat.org/min-1784.html. Acesso em 03  de junho de 2021.

GIPSITA. Universidade de São Paulo. Disponível em: https://didatico.igc.usp.br/minerais/sulfatos/gipsita/. Acesso em 03 de junho de  2021.

GIPSITA.  Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert. Unesp. Disponível em: https://museuhe.com.br/mineral/gipsita-gypsum/. Acesso em 03 de junho de 2021.

DADOS DE MINERAIS DE GESSO.  Disponível em: http://webmineral.com/data/Gypsum.shtml#.YLlbOdVKjIU. Acesso em 03 de junho de 2021.