Elementos Nativos

Alguns minerais ocorrem naturalmente como elementos puros não-ionizados, conhecidos como elementos nativos. São encontrados aproximadamente 20 elementos no estado nativo (como exceção dos gases livres da atmosfera) que podem ser divididos em metais, semimetais e não metais. 

Os metais nativos exibem estrutura muito simples e são compostos por três grupos: grupo do ouro, organizado pelo ouro, cobre, prata e chumbo;  grupo da platina, constituído pela platina, paládio, irídio e ósmio; e grupo do ferro, que contém o ferro e o ferro-níquel. Caracterizam-se também como metais o mercúrio, o tântalo, o estanho e o zinco. Já os semimetais nativos são separados em dois grupos os quais apresentam a mesma estrutura. Os membros desse grupo possuem propriedades físicas similares sendo bastante frágeis e não são bons condutores de calor e eletricidade. O arsênio, antimônio, bismuto, selênio e o telúrio são semimetais nativos. 

Amostras de Ouro e Prata em exposição no setor Mineralogia I. Imagem: Hugo Xavier Guarrilha.Amostras de Ouro e Prata em exposição no setor Mineralogia I. Imagem: Hugo Xavier Guarrilha.

Por último, o enxofre e os polimorfos de carbono (diamante, grafita e lonsdaleíta) representam os metais não nativos. Diferente dos outros elementos nativos, suas estruturas se divergem e possuem propriedades físicas distintas.