Brucita

Agregado lamelar de brucita na cor azul claro. Foto de Rock Currier. Mindat.org.Fonte: Agregado lamelar de brucita na cor azul claro. Foto de Rock Currier. Mindat.org.


HIDRÓXIDO DE MAGNÉSIO DO GRUPO DA BRUCITA

Fórmula: Mg(OH)2.

Cristalografia: sistema trigonal, classe escalenoédrica hexagonal.

Eixos cristalográficos da BrucitaÍndices de Miller da Brucita.

Fonte: Eixos cristalográficos e Índices de Miller da  Brucita.

 

PROPRIEDADES FÍSICAS

Cor: azul, azul acinzentado, cinza, verde claro, vermelho acastanhado, marrom escuro e amarelo mel.

Brilho: nacarado, ceroso e vítreo.

Diafaneidade: transparente a translúcido.

Tenacidade: séctil, flexível e elástico.

Dureza: 2,5 - 3 (Escala de Mohs)

Clivagem: perfeita na direção {0001} (basal).

Fratura: irregular.

Hábito: Ocorre na forma de massas foliares brancas ou tabulares, geralmente largas, ou rosetas; fibroso, com fibras separáveis e elásticas; as vezes acicular, mais raramente na forma granular fina. Forma maciços e agregados terrosos. Pode apresentar truncaduras romboédricas.

Traço: branco.

 

PROPRIEDADES ÓPTICAS 

Caráter óptico: uniaxial (+), anomalamente biaxial.

Cor em lâmina: incolor.

Valores de índices de refração:  nω = 1,559 - 1,590;  nε =  1,560 - 1,600.

 

CARACTERÍSTICA DIAGNÓSTICA: 

É reconhecida pela clivagem.

 

OCORRÊNCIA:

Ocorre como produto de alteração do periclásio. Ocorre em veios hidrotermais de baixa temperatura em mármores e clorita-xistos. Ocorre em pequenas quantidades nos serpentinitos e mármores.

 

USO:

Importante mineral industrial usado como fonte de magnésio e possui aplicações refratárias.

Agregado lamelar de brucita na cor verde claro. Foto de Graham Lee. Mindat.org.

Fonte: Agregado lamelar de brucita na cor verde claro. Foto de Graham Lee. Mindat.org.

Cristal prismático incolor de brucita. Foto de Matteo Chinellato. Mindat.org.

Fonte: Cristal prismático incolor de brucita. Foto de Matteo Chinellato. Mindat.org.

 

 

 

Referências: 

BRUCITE Mineral Data, 2021. Disponível em http://webmineral.com/data/Brucite.shtml#.YPM9_ehKjIU. Acesso em 17/07/2021.

BRUCITA. 2021. Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert. Unesp. Disponível em https://museuhe.com.br/mineral/brucita-brucite/. Acesso em 17/07/2021.

BRUCITE, 2021. Hudson Institute of Mineralogy. Disponível em https://www.mindat.org/min-820.html. Acesso em 17/07/2021.